Produtos e Serviços Profissionais Casas de Repouso

blog 60 mais ativa

Informação, dicas e novidades sobre o mundo da maturidade para você

Saúde
postado 22.05.2013 às 22:00 por Sylvia Lakeland
Compartilhe

Nutrientes e uma dieta saudável para os olhos

Nutrientes e uma dieta saudável para os olhos
Cuidar dos olhos significa cuidar do corpo como um todo e assim vamos explorar as mais recentes novidades que vão nos ajudar ainda mais a cuidar deste complexo sistema neuromuscular, os olhos. Vamos dar atenção a uma dieta saudável complementada dos nutrientes importantes para o corpo e olhos.

Uma dieta saudável, com os alimentos que são a verdadeira medicina, é fundamental na proteção dos nossos olhos, pois beneficia diretamente as funções da visão com mais suporte para o sistema cardiovascular, na proteção da integridade das membranas celulares dos músculos e neurônios. Pesquisas realizadas nos últimos anos tem demonstrado que há uma influencia dos processos oxidativos do stress nas patologias dos olhos.  Portanto, também é preciso nutrir-se corretamente de antioxidantes para proteger os olhos.

Como não consumimos quantidades suficientes de alimentos naturais como ovos, frutas como pêssegos, kiwi e mangas, saladas e verduras verdes escuras (brócolis, espinafre, rúcula, agrião) tomate e milho, é preciso complementar a dieta com os nutrientes e incluir, entre outros itens,  nozes, salmão e soja, para aumentar o consumo de Omega-3,  o chá verde, rico em flavonoides e todos os alimentos e fito químicos importantes na prevenção e nos cuidados específicos dos olhos.

Quando falamos dos olhos devemos nos concentrar em manter sempre muito bem nutrida a mácula, pois na medida em que as pessoas envelhecem, há uma redução na densidade do pigmento macular, fator vital para a qualidade da visão. Este pigmento é composto dos carotenoides - luteína, zeaxantina, mesozeaxantina e astazeaxantina, - nutrientes que encontramos nos vegetais, em especial de cor verde escura e em frutas de cor laranja e amarelo.

É também importante saber que a saúde dos olhos depende diretamente da saúde dos sistemas cardiovascular e neurológico de cada pessoa, que assegura a qualidade da visão. O sistema cardiovascular irriga os olhos com sangue rico em oxigênio e elimina dos resíduos produzidos pela retina e pelas estruturas envolventes dos olhos. Vários nutrientes  mantém e até melhoram os olhos, atuando diretamente nos sistemas cardiovascular e cerebral.

Processo oxidativo do stress e inflamações: pesquisas associam o stress oxidativo aos problemas de degeneração macular (Nowak M et al 2005; van Leeuwen R et al 2005) e também ao aparecimento de cataratas (Zoric L et al 2005).  A inflamação também pode ser um fator agravante da degeneração macular. Portanto, devemos ajudar na ação antioxidante de nossas células, nas atividades biológicas ligadas à imunidade para a manutenção de um corpo e olhos saudáveis. Assim, as mencionadas xantinas, encontradas nos cones e bastonetes na mácula, no epitélio pigmentar da retina - que é o primeiro a captar a luz que entra na retina, nos tecidos em volta, incluindo vasos sanguíneos e capilares da coroide, alimentam a retina e ajudam a proteger os olhos contra problemas como degeneração macular e glaucoma, cataratas, entre outros. As pesquisas sugerem a possibilidade de prevenção destas patologias ao reduzirmos o stress oxidativo com antioxidantes, que também reduzem as inflamações.

O importante papel dos carotenoides como antioxidantes: os carotenóides – luteina, zeaxantina e astaxantina – são altamente antioxidantes para todo o corpo e, em especial, ajudam a prevenir mudanças vasculares destrutivas na mácula, reduzindo a incidência de degeneração macular. Estudos recentes (Boné RA et al 2001) indicam uma redução de “glare” – ofuscamento, melhor visão das cores e mais acuidade visual. Em pesquisas no Japão, a astaxantina mostrou-se eficaz na recuperação de células irradiadas com UVA, inibe efeitos inflamatórios, com um papel importante na prevenção da fadiga visual, reduz a irritação e previne o stress resultante de disfunções na acomodação. 

Recente estudo (Richer, S.- JO/11/2011) confirma a importância da Zeaxantina na melhora da visão noturna e a proteção do cristalino em idosos é confirmada por uma nova pesquisa finlandesa (Karppi,J & colegas, BJN 13.3.2012) sobre a ação protetora da luteína e zeaxantina contra cataratas. É uma notícia de fato importante, pois se já é bem conhecida a ação nos casos de degeneração macular, é importante entender que o processo oxidativo do stress pode também danificar a proteína do cristalino em idosos.

Uma constatação pessoal: desde 2000, quando meus olhos e a minha visão estavam cada dia em piores condições, além da prática diária dos exercícios terapêuticos orientais e os exercícios indicados no Método Meir Schneider Self-Healing, mantive uma rigorosa dieta alimentar orientada para os meus olhos e corpo, durante quatro anos. Continuo a manter uma alimentação saudável, e desde sempre, sem açúcar e pouco sal, estão incluídas muitas frutas e verduras, (muito bem lavadas com água de turmalina), que contém os importantes carotenoides necessários para a proteção da mácula.
Além disso, há doze anos, acompanho regularmente as novas pesquisas e completo a minha alimentação com diversos complementos alimentares, que incluem: Omega-3; Vitaminas A, B, C, D3, E; Betacaroteno; os carotenoides (luteína, xantinas e CG3); Coenzima Q10, Gingko biloba, Selênio, Zinco e Cobre. De fato, pesquisas do AREDS de 2001 confirmam que estes nutrientes ajudam a reduzir certos tipos de degeneração macular.

É importante que estes nutrientes sejam tomados nas dosagens adequadas, indicadas por profissionais e laboratórios especializados. Assim, recomendamos alguns laboratórios e produtos que pesquisamos regularmente:
 
Ocusense - suplemento alimentar do conhecido laboratório Natrol, USA, embalagens com 50 cápsulas, especial para a nutrição e proteção dos seus olhos: com um elevado teor de luteina (13mg) e zeaxantina (500mcg), antioxidantes para cuidar da mácula dos olhos; extrato de mirtilo (bilberry & anthocyanosides), conhecidos na proteção da visão noturna; seis vitaminas (A,C e E ) e minerais (zinco, selênio e cobre) recomendados para os olhos além um conjunto de carotenóides de fonte totalmente natural, de flores de girassol, tomate, cenoura e palmito.

Super Zeaxanthin plus C3G – a empresa Life Extension, USA, autoridade em saúde e nutrição USA, acaba de atualizar seu suplemento alimentar, adicionando à combinação dos tres carotenoides, um novo nutriente designado por C3G. São embalagens com 60 cápsulas, para proteção ocular, em especial da retina; o novo nutriente C3G (cyanidin-3-glucoside), de fonte totalmente natural, pretende ajudar as estruturas da retina na visão noturna. 
comente

leia também

receba novidades em seu e-mail

cadastrar

e-mail cadastrado com sucesso, obrigado!

sobre nós divulgue seu negócio desenvolvido por Julio Guimarães