Produtos e Serviços Profissionais Casas de Repouso

blog 60 mais ativa

Informação, dicas e novidades sobre o mundo da maturidade para você

Reflexões
postado 08.10.2013 às 12:00 por Portal CR
Compartilhe

Diferença de idade no relacionamento afetivo

Diferença de idade no relacionamento afetivo
É muito comum casais com diferença de idade acima de 15 anos serem alvos de críticas, comentários ou pelo menos olhares maldosos, não importando muito se o mais velho é o homem ou a mulher. Essa questão ainda é um tabu na sociedade e aborrece profundamente os mais tradicionais, muito embora o número de pessoas respeitosas, compreensivas e desencanadas com as escolhas dos outros seja cada dia maior.

Tais relacionamentos podem perfeitamente dar certo, mas com o passar do tempo as diferenças naturalmente vão se acentuar, uma vez que o mais velho pode não ter mais a mesma disposição ou interesse de acompanhar o mais novo em situações que este julgue importante. É preciso considerar que são gerações diferentes se relacionando, portanto os gostos, os interesses e as necessidades de um podem perfeitamente não corresponder aos do outro. Estas diferenças quando não compreendidas e respeitadas levam às cobranças e aos conflitos que ameaçam a saúde de qualquer relacionamento, até os de casais de idades próximas.

Mas existe a questão de alguém simplesmente preferir um parceiro(a) mais velho ou mais novo motivada por algumas necessidades conscientes ou não. Um exemplo disso é uma pessoa nova que gosta de tranquilidade, que tem gosto refinado, comportamentos mais comedidos, aprecia o carinho, ela muito provavelmente vai encontrar tais características em alguém mais maduro, experiente, mais velho. O mesmo acontece com alguém mais velho, mas que gosta de muito movimento, leveza, descontração e beleza, que acaba encontrando tais características em alguém mais novo.

O caso é que é preciso dar a cada um o direito de escolher o que julga importante para si. Se a proposta for um relacionamento do tipo “que seja eterno enquanto dure”, ótimo, vão em frente. Mas se o que se pensa é um compromisso mais sério, a formação de uma família ou “felizes para sempre”, recomendamos avaliar as circunstâncias atuais e olhar as indicações de futuro para ambos.

Quanto à maturidade de assumir um relacionamento com grande diferença de idade, varia muito de pessoa para pessoa. De forma geral, os mais novos se constrangem mais na apresentação do parceiro(a) mais velho(a). Observa-se também que para quem está se relacionando, a diferença não importa e nem os comentários sobre a relação e quanto mais velhos os dois forem menor é a importância que se dá ao fato.

Mas é sempre bom lembrar que, amor mesmo pra valer não tem dia nem hora para chegar, ele na maioria das vezes, apenas acontece. Pois é, “o coração tem razões que a própria razão desconhece”, e muitas vezes não percebe nem idade, podendo ser muito natural apaixonar-se por alguém mais velho ou mais novo. Nesses casos de amor e ainda mais quando ele é correspondido, não existe vergonha ou cobranças, e sim consciência e respeito das diferenças de gostos e disponibilidade de recursos de cada um. A profunda compreensão de es de cada parte emerge somada a decisão consciente de todo o bem que a presença do outro confere.

Fonte: Roselake Leiros - Coach de Vida e Relacionamentos, Consultora Palestrante especializada em Comportamento Humano e Diretora Executiva da CrerSerMais Desenvolvimento Humano e Empresarial.
comente

leia também

receba novidades em seu e-mail

cadastrar

e-mail cadastrado com sucesso, obrigado!

sobre nós divulgue seu negócio desenvolvido por Julio Guimarães