Produtos e Serviços Profissionais Casas de Repouso

blog 60 mais ativa

Informação, dicas e novidades sobre o mundo da maturidade para você

Alimentação
postado 05.03.2014 às 12:00 por Portal CR
Compartilhe

Desintoxique o corpo após o carnaval

Desintoxique o corpo após o carnaval
Já dizia a letra da canção quem não gosta de samba bom sujeito não é. É ruim da cabeça ou doente do pé... A verdade é que todo brasileiro gosta de samba e mais ainda dos dias de Carnaval. Porém, não são apenas pela folia, brilhos e samba enredo que esse período é marcado. A má alimentação nesses dias e a falta de higiene no preparo dos alimentos de rua podem acarretar em danos ao nosso organismo e causar uma intoxicação alimentar.

Segundo a nutricionista da Global Nutrição Dra. Ana Huggler, além da sensação de estufamento e inchaço, os sintomas da intoxicação por alimentos são: dores abdominais, diarreia, náuseas, vômitos, febre, calafrios, dores de cabeça e fraqueza. “A primeira medida a ser tomada depois dos dias de folia é ingerir bastante água, pois ela ajuda a eliminar toxinas por meio da urina. Aliás, como através do suor perdemos muito líquido, afinal, é a forma que o corpo encontra para regular a temperatura do organismo, a água ajuda a hidratar e evitar o inchaço corporal”, informa ela.

Como no Carnaval é muito comum a ingestão demasiada de bebidas alcoólicas, isso agrava ainda mais na desidratação do corpo, contribuindo para uma intoxicação. “Quando o álcool é absorvido pelas células do intestino atrapalha a absorção de água. Com isso, um dos efeitos colaterais da bebida é a eliminação de líquidos que são pela urina ou pela diarreia no dia seguinte. Isso ocorre porque a ingestão do líquido agrava em uma diminuição de um hormônio antidiurético denominado ADH que regula o nível de água na corrente sanguínea. Sendo assim, deve-se beber mais de dois litros de água para repor o que se perdeu e intercalar com água de coco e sucos naturais”, orienta a Dra. Ana.

Aumentar o consumo de frutas vermelhas e cítricas é outra recomendação da especialista, pois os antioxidantes presentes nas mesmas têm ação hepatoprotetora e anti-inflamatória que atuam fazendo uma limpeza no organismo e, desta forma, ajudam a eliminar de toxinas do corpo. “A melancia, por exemplo, tem função diurética que ajuda a eliminar toxinas. Já a maçã ajuda a eliminar os radicais livres e ainda é antiácida o que ajuda a ativar o fígado e dissolver o ácido úrico, responsável pela retenção de líquidos”, explica Huggler.

Veja outras dicas da Dra. Ana Huggler para desintoxicar o organismo:

- Evite alimentos ricos em gorduras saturadas e trans, sódio e açúcares que sobrecarregam o organismo fazendo com que o corpo retenha líquidos;

- Evite os alimentos industrializados, pois devido à quantidade de conservantes e corantes presentes em suas composições provocam danos ao corpo e ajudam a intoxicar o corpo;

- Aposte nos chás de cavalinha, capim limão e o tradicional chá verde que ajudam a desintoxicar o organismo;

- Faça refeições leves e não exagere nos carboidratos;

- Evite consumir alimentos na rua, pois em alguns casos não possuem um bom armazenamento ou refrigeração;

- Inclua na dieta alimentos que ajudam a eliminar toxinas como a castanha que é rica em ômega 3, cálcio, magnésio, zinco e selênio que auxilia na eliminação de metais pesados como mercúrio e arsênico, têm ação antioxidante e anti-inflamatória.

É importante salientar que, segundo a nutricionista, é importante consultar um especialista para identificar qual o melhor tratamento para a intoxicação. “Para evitar uma intoxicação, não basta retirar do cardápio os alimentos industrializados é necessário também encontrar os alimentos que atuam de forma benéfica ao organismo. Uma opção é investir na dieta do genótipo”, sugere a especialista.

Criada pelo médico naturopata Peter D’Adamo que através de pesquisas desenvolveu seis tipos de genótipos - caçador, professor, explorador, guerreiro, nômade e coletor – no qual cada tipo é aliado ao grupo sanguíneo (A, B, O e AB), medições corporais e histórico familiar de cada pessoa. “Por meio dessa dieta é possível identificar os nutrientes que atuam causando irritações estomacais ou até mesmo a intoxicação e assim silenciá-los. Desta forma, o funcionamento do corpo e ainda previne doenças como diabetes e colesterol alto”, finaliza a Dra. Ana Huggler.

Sobre a Global Nutrição
A Global Nutrição, é especialista em implementar programas de nutrição baseados na dieta de Genótipo. Desenvolvem programas personalizados de nutrição, focados nos resultados e na motivação de seus pacientes.
comente

leia também

receba novidades em seu e-mail

cadastrar

e-mail cadastrado com sucesso, obrigado!

sobre nós divulgue seu negócio desenvolvido por Julio Guimarães