Produtos e Serviços Profissionais Casas de Repouso

blog 60 mais ativa

Informação, dicas e novidades sobre o mundo da maturidade para você

Dicas
postado 22.07.2015 às 15:20 por Portal CR
Compartilhe

Ambiente seguro

Ambiente seguro

Ambiente seguro

As pessoas em todo mundo estão envelhecendo com mais qualidade e de maneira mais saudável. Por mês, estima-se que cerca de 1 milhão de pessoas chegam aos 60 anos de idade e, em 2050, essa população cruzará a marca dos 2 bilhões de idosos, mais da metade presentes em países como o nosso.

É muita gente!

Pensando na questão do idoso no Brasil, a Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social de São Paulo (Seads) e a Fundação Padre Anchieta – TV Cultura, elaboraram uma cartilha cujo conteúdo é basicamente composto por normas e dicas eficazes elaboradas para propiciar a formação de profissionais para atuar com a população idosa e para auxiliar os familiares dessas pessoas em condições especiais.

Sua casa transformada

O ambiente em que o idoso vive precisa ser seguro para evitar que acidentes aconteçam e o deixem inválido e incapaz de cuidar de si mesmo sozinho.

Por isso, selecionamos alguns princípios gerais de segurança que podem ser úteis para que os familiares possam cuidar de seus parentes de maneira adequada:

- Coloque os seus números de telefone e os de emergência mais o endereço de sua casa ao lado de todos os aparelhos existentes na casa.

- Instale uma secretária eletrônica para atender o telefone quando não puder fazê-lo e programe-a para fazê-lo ao menor número de chamadas possível.

- Instale alarme de incêndio em todos os cômodos da casa.

- Procure não deixar fios elétricos pelo caminho para evitar que o idoso tropece e se machuque.

- Certifique-se de que todos os cômodos contam com iluminação adequada inclusive o quarto do idoso que deve ter uma luz indireta que fique acesa durante a noite.

- Instale interruptores de luz no início e no final das escadas. As escadas devem ter, no mínimo, um corrimão que vá do primeiro ao último degrau.

- Retire móveis ou enfeites dos locais de circulação da pessoa idosa, e também ventiladores ou aquecedores portáteis. Faça o mesmo com tapetes colocados na entrada da casa ou apartamento e em corredores, salas e locais por onde o idoso circula.

- Mantenha um intercomunicador ligado (daqueles utilizados nos quartos de bebês) para alertar você ou o cuidador de qualquer ruído que indique queda ou necessidade de ajuda por parte do idoso.

- A cama deve ter altura adequada de maneira que o idoso ao sentar-se nela consiga apoiar os pés no chão, evitando a hipotensão postural (tonteira).

- Pessoas com mais de 80 anos não devem utilizar mais de um travesseiro para evitar o sufocamento.=

- Os armários devem ter portas leves, de fácil manuseio e puxadores tipo alça.

- O melhor é que as janelas abram para dentro ou sejam de correr e instale persianas ou cortinas leves que deixem passar a luz do sol e deixem o ambiente ventilado.

- Coloque tapetes antiderrapantes no interior do boxe do banheiro e na frente do lavabo.

- Eleve o assento do vaso sanitário ou coloque barras de apoio a seu lado.

- Instale barras de apoio no chuveiro preferencialmente de cor(es) contrastante(s) com a(s) da parede.

- Coloque uma cadeira ou banco de plástico no interior do boxe para facilitar o banho e instale chuveirinho manual.

- Se for possível, o espaço interno (do banheiro e do box) deve ser adequado para a circulação de duas pessoas, pois facilita a ajuda do cuidador.

- O gabinete do banheiro deve apresentar uma área livre embaixo da pia para movimentação das pernas no caso do uso de cadeira de rodas e gavetas com travas de segurança.

- O fogão deve ter controles automáticos que fecham o gás quando a chama se apaga, tanto nos queimadores quanto no forno.

- Poltronas e sofás com boa altura (média 50 cm), fáceis de sentar e levantar, com braços.

- A mesa de apoio com telefone, abajur, controles remotos, não pode ter quinas vivas. Também evite colocar sobre essa mesa objetos de vidro ou cortantes.

- É importante que o ambiente seja personalizado com objetos pessoais, como fotografias de familiares, eventos significativos, viagens e elementos que tragam boas recordações.

Muitas vezes associamos pessoas idosas a doenças e dependência. Essa ideia precisa ser mudada, pois a população com mais de 60 anos está aí ativa e independente. No entanto, quando isso não for possível, essa turminha deverá ser adequadamente cuidada com todo carinho.

Fonte: Matéria escrita pela jornalista Mari Bellini

comente

leia também

receba novidades em seu e-mail

cadastrar

e-mail cadastrado com sucesso, obrigado!

sobre nós divulgue seu negócio desenvolvido por Julio Guimarães