Produtos e Serviços Profissionais Casas de Repouso

blog 60 mais ativa

Informação, dicas e novidades sobre o mundo da maturidade para você

Saúde
postado 24.04.2014 às 16:00 por Portal CR
Compartilhe

Atividade física ajuda a retardar o surgimento de vasinhos

Atividade física ajuda a retardar o surgimento de vasinhos
A busca por um corpo livre de gorduras localizadas e flacidez são fatores que estimulam muitas pessoas a aderirem à prática de exercícios com regularidade. Porém, os benefícios da realização de atividades físicas não se resumem apenas a ficar de bem com os ponteiros da balança ou com o espelho. Além de ajudar na prevenção de doenças provenientes do sobrepeso, algumas atividades ajudam a retardar o surgimento de vasinhos e varizes na região das pernas.

O médico angiologista Ary Elwing, especialista em cirurgia vascular periférica e tratamento a laser, explica que ao manter o corpo em movimento, principalmente em exercícios como corrida ou caminhada, ativa a circulação sanguínea das pernas, prevenindo o aparecimento de vasinhos, varizes e até mesmo de flebites. “Apenas os exercícios com muito impacto devem ser evitados, como musculação com excesso de carga e de repetições, pois pode provocar as varizes”, alerta.

Outros exercícios também são aliados na prevenção do surgimento de varizes e vasinhos nos membros inferiores, como bicicleta, natação e pilates. “A circulação sanguínea é ativada através da contração muscular. Ou seja, como os troncos venosos estão localizados junto aos grupos musculares das pernas, essa contração permite uma melhora no fluxo sanguíneo no corpo e nos membros”, descreve o angiologista.

Todavia, se o sangue que passa pelas pernas não conseguir voltar para o coração é porque as válvulas venosas que impedem seu refluxo estão falhando. “Essa falha provoca um aumento do volume sanguíneo nas pernas, agravando no surgimento de varizes. Além disso, quando permanecemos longos períodos sentados no trabalho, dirigindo ou em viagens de longa distância, dificultam a passagem do sangue pelas veias e artérias”, explica Elwing.

A gordura acumulada dentro das mesmas também favorece a má circulação sanguínea, por este motivo, ao aderir aos exercícios ajudam a prevenir o problema. “No caso da caminhada, por exemplo, deve-se realizá-la ao menos quatro vezes por semana, com duração de trinta minutos. Essa atividade melhora não apenas a circulação, mas ajuda na calcificação dos ossos, evitando a osteoporose, outro problema que atinge principalmente o público feminino”, informa Dr. Ary.

O que são os vasos e varizes?

Clinicamente conhecidos por telangiectasias, os vasinhos são pequenos capilares ou ramificações fininhas que se dilatam e não passam de 1 mm. Costumam apresentar o formato de pequenas arainhas e possuem cor avermelhada ou arroxeada. “Embora sua incidência seja maior na região das pernas, pode aparecer em outras partes do corpo como a região da face”, descreve o especialista em cirurgia vascular periférica.

A predisposição genética é uma das principais razões para o surgimento das mesmas. E, de acordo com o angiologista, apesar de não existir uma causa exata para o agravamento dos vasinhos, geralmente, a má drenagem capilar da pele para o tecido celular subcutâneo favorece o aparecimento. “Essas dilatações podem causar dores, sensação de peso e, em raros casos, provocar sangramento”, afirma.

Já as varizes são veias inflamadas superficiais que ficam grossas e deformadas que acarretam em dores e inchaço nos membros inferiores. Segundo os dados do Ministério da Saúde 2% da população com a faixa perto dos 20 anos de idade já apresenta algum tipo de sintoma de varizes. As que mais causam problemas são as safenas. “Existem algumas técnicas que ajudam a tratar o problema, como a escleroterapia que consiste na injeção intracapilar através do uso de microagulhas de medicamentos químicos dentro das microvarizes ou através de laser sobre a pele com o intuito de destruir os vasos por causa do calor intenso”, informa o Dr. Ary, acrescentando que o tratamento só deve ser realizado sob orientação médica.

Sobre o médico:
Dr. Ary Elwing (CRM-22.946), angiologista, especialista em cirurgia vascular periférica e tratamento a laser.
comente

leia também

receba novidades em seu e-mail

cadastrar

e-mail cadastrado com sucesso, obrigado!

sobre nós divulgue seu negócio desenvolvido por Julio Guimarães